Compre diretamente pelo telefone! Ligue e fale conosco: (27) 2122-1600

Atender com boa vontade e um sorriso, estar apresentável e disponível aos clientes. Tudo isso é o básico para receber o público no comércio, mas a partir daí a concretização da venda pode depender da maneira como os vendedores atendem. Eles mostram ou demonstram os produtos?



Basicamente, mostrar um produto é fazer a mesma coisa que uma prateleira já faz. O papel de um bom vendedor é demonstrar o produto, isto é, entender a necessidade do cliente, selecionar opções que possam atender essa necessidade, e oferecer bons argumentos de venda para despertar nele a vontade de fechar a compra. Para que você entenda melhor como fazer isso, aí vão algumas dicas!

 

1. Vendedores precisam conhecer o que estão vendendo



Não há nada mais frustrante que um vendedor que não sabe ajudar o cliente ou que não tem as respostas para suas perguntas. Antes de tudo, é fundamental que a equipe de vendas conheça os produtos com que trabalha, seus nomes, propriedades, aplicações e indicações de uso. Assim, os colaboradores estarão aptos não só a desempenhar bem seus papeis de vendedores, mas passarão capacidade e confiança aos clientes, beneficiando a imagem da loja.

 

2. Foco no problema do cliente

Em vez de perguntar somente que produto o cliente procura, é preciso entender o que ele precisa. Qual é o problema a ser resolvido? Como profissional de vendas que conhece os produtos, o vendedor muitas vezes poderá apresentar uma solução ainda melhor do que o cliente tinha em mente quando entrou, e isso valoriza muito a experiência na loja.

 

3. Destacar as características do produto



Quando o vendedor sabe o que está vendendo e descobre a intenção de compra do cliente, é possível selecionar os produtos mais adequados para demonstrar e ressaltar as características certas, potencializando a chance de concretização da venda.

 

4. Manusear os produtos da maneira adequada

Pode parecer sem importância, mas a maneira como o vendedor manuseia os produtos na frente do cliente também faz a diferença na demonstração. Ele lida com ele com cuidado, como se valesse muito? Ou com cuidado demais, que o faz parecer frágil? Sabe os movimentos de uso daquele objeto? Entender como os produtos podem ser demonstrados de acordo com suas características de destaque agrega aos argumentos de venda e tem o potencial de aumentar o desejo do cliente de fechar a compra.

Agora ficou fácil entender a diferença entre mostrar e demonstrar produtos, né? E para as dicas darem certo, é essencial que seus colaboradores sejam constantemente treinados e atualizados sobre os produtos e as novidades do mercado. Por isso, fique de olho nas tendências, e se precisar de ajuda, pode contar com a gente!

 

2020. Intercores Distribuidora